javascriptNotEnabled

As histórias da WSOPE 2013

Entre os dias 11 e 25 de Outubro aconteceu na França a edição européia da maior série de torneios do mundo, a WSOPE 2013. Foram 8 torneios ao todo, premiando os 8 jogadores vencedores com um dos braceletes mais cobiçados do nosso esporte da mente. E o Brasil fez muito bonito, deixando escapar por muito pouco a chance de trazer mais um deles para cá. Vamos detalhar duas histórias que marcaram esta edição e que mostraram ao mundo que no Brasil nós temos sim poker de qualidade.

Daniel Negreanu fez história e é o primeiro jogador a ser eleito por duas vezes o Jogador do Ano da WSOP. O ranking de Jogador do Ano (Player of the Year) da série nos dá a oportunidade de saber quem são os jogadores mais regulares e constantes de um determinado período de tempo e usando um sistema de pontos, todos os eventos da WSOP podem ajudar um jogador a subir um degrau e terminar a temporada sendo o primeiro colocado. O vencedor ganha as entradas para os eventos principais da WSOP, WSOPE e WSOP Ásia-Pacífico. Com a vitória no High Rollers, o Canadense garantiu pela segunda vez a sua vitória. A primeira vez foi em 2004.

Se acha pouco, tem mais: Com o bracelete da WSOPE, ele se tornou o primeiro jogador a ter braceletes da WSOP, da WSOP Europa e da WSOP Ásia-Pacífico. Um feito que pode demorar um tempo para ser igualado, sem a menor sombra de dúvidas. Ao todo são 6 braceletes da série, um número que o coloca entre os melhores do mundo.

No lado Brasileiro da história, Nicolau Villa-Lobos mostrando mais uma vez que sua constância é digna dos maiores campeões do mundo. Ao cair do evento principal, decidiu jogar um satélite para o High Rollers, que era o último evento da WSOPE. Ganhou a vaga, foi para o jogo, aumentou seu stack, brigou, mostrou garra e estrela e chegou até a mesa final.

Quando haviam somente 5 jogadores, Nico era o último em fichas. Com seus movimentos friamente calculados, conseguiu evoluir seu stack e quando sobravam apenas 4 jogadores já estava liderando o torneio. Por ser muito técnico e ter ótimos jogadores fazendo esta mesa final, o torneio foi se decidindo nos detalhes. Quando chegou o HU, Negreanu tinha vantagem de 2:1 mas logo foi superado por Nico. Infelizmente, no final da partida, o Canadense levou a melhor. Mas ficou registrado mais um excelente resultado para o Brasileiro, que segue fazendo história nos maiores torneios do mundo.

Vale destacar a excelente colocação de Ariel "Bahia", que caiu após uma terrível bad beat. Dois jogadores afirmaram terem fugido com um As cada, quando o KK de Bahia encontrou o A2 no all in pré-flop. Um A no board encerrou a vida do jogador naquele torneio, em 17° lugar. Mais um dos jogadores do Brasil que estão fazendo história mundo afora.

Equipe InteliPoker
Fazer o Quiz
Novo por aqui? Faça nossa Avaliação de Poker para iniciar o seu aprendizado.
já é um membro? Fazer Login
javascriptNotEnabled
Aprenda Estratégias básicas até avançadas
Pratique Melhore suas habilidades com os nossos Instrutores
Ganhe! Se estabelecer como um jogador ganhador
/COMECE A JOGAR AGORA/
The League Bem-vindos à The League, a maior competição de poker online de todo o...
The League - Ganhe prêmios de poker todos os meses
Mais