javascriptNotEnabled

Home \ Comunidade \ Blogs \

Paciente e oportunista

A calma de esperar as boas oportunidades faz o jogador prosperar.
Enviar MP
/Nov/2015

0 poker e a seleção natural

Por: Barba Ruim @ 01:51 (-02) / 35 / Comentário ( 11 )

Saudações,

Como sabemos, a relação entre estudo/dedicação e sucesso no poker é fundamental. Quanto mais estudamos e procuramos aprender, maiores serão as nossas conquistas.

Esse é um claro exemplo de que só os mais fortes (melhores) sobrevivem.

Enquanto isso, em algum lugar da África, um tigre está espreitando uma zebra, aguardando o  momento propício para atacar. Embora a zebra consiga escapar em algumas ocasiões, o tigre irá vencer na maioria das vezes.

É neste momento que entramos no poker. Ainda que o jogador regular, esforçado, estudioso, tome algumas bads de jogadores que não fazem ideia do que estão fazendo, na maioria das vezes o bom jogador irá vencer e ser lucrattivo.

É claro que o tigre não escolhe nascer tigre, assim como a zebra não escolhe nascer zebra, entretanto, nós, enquanto jogadores iniciantes, podemos escolher o que queremos ser: jogadores bons ou medíocres.

Por exemplo, tenho um amigo próximo que aprendeu a jogar poker pouco depois de mim, eu aprendi e repassei as regras para ele, que, assim como eu, encantou-se pelo jogo de cara. Entretando, ele se recusa a aprender mais. Mostrei a Intelipoker para ele, mas, por preguiça, nem os cursos ele fez. Em algumas oprtunidades que tivemos de jogar, em alguns feriados, percebi que ele permanece da mesma forma, enquanto eu evolui consideravelmente. Ele só quer jogar, jogar, jogar, aprendendo tudo na prática, ao passo que eu procuro estudar e entender como as coisas funcionam.

Esse é o ponto em que quero chegar. Assim como esse meu amigo, muitos jogadores só querem jogar, enquanto poucos querem aprender a jogar bem.

Então, meu colega iniciante, você vai querer ser um tigre ou uma zebra?

É importante lembrar que os tigres não nascem prontos, são precisos vários erros e experiências até que eles se tornem verdadeiros predadores.

Da mesma forma é no poker, precisamos perder muitas vezes para adquirir experiência, até nos tornarmos bons e, consequentemente, lucrativos.

O tigre não ataca em qualquer situação, apenas naquelas em que visivelmente podem ter sucesso.

Devemos fazer da mesma forma. Não investir nossas fichas em qualquer mão, apenas naquelas em que percebemos um potecial lucrativo, além de saber sair quando o baralho não nos favorecer e perder menos com isso.

Recentemente não passei por momentos muitos bons. Ontem foi o primeiro dia no mês em que perdi dinheiro, pois estava impossível, era o dia da presa, não o do predador.

Em determinado momento, jogando contra um jogador, o qual coloquei a nota de "filantropo", pois ele estava distribuindo dinheiro para todo mundo, perdi com KK para AA. É compreensível, acontece. Isso não me abalou, mesmo acontecendo cinco minutos depois de uma mão identica, em que também perdi com KK para AA. Alguns minutos antes, já tinha perdido com QQ para KK. Não era o meu dia, definitivamente, sempre que pegava uma mão monstro, tinha a infelicidade de alguém pegar uma mão melhor. Até quando meu par baixo acertava uma trinca no flop, até o river alguém fazia uma mão melhor, mesmo eu seguindo todo o manual, eu perdia.

Apesar dessas fatalidades, continuo com vontade de jogar, pois, ainda que o tigre erre alguns botes, na maioria das vezes ele se sairá bem.

A seleção natural, também conhecida como longo prazo, irá fazer o seu papel. Caso eu encontre o filantropo novamente, sei que irei ganhar dele, muito mais do que perder.

Com isso, concluímos que é muito melhor ser tigre do que ser zebra.

Por outro lado, temos que lembrar das zebras que (imagino) morrem de velhice. Elas conseguem viver muito tempo por saber escapar de situações perigosas. Esse é um comportamento que devemos copiar: não entrar em mãos que possam nos colocar em perigo, falo de saber foldar aquele AT do UTG. Mesmo que você saiba que naquela mesa alguns jogadores te pagarão com mão bem piores, é uma situação que é melhor evitar, pensando sempre no longo prazo.

Por fim, como o poker é um jogo volátil, uma vez somos a caça, outra o caçador, devemos nos adaptar a ambas as hipóteses. Saber atacar para ganhar e saber defender para sobreviver.

São duas posturas que devem ser vistas no longo prazo, pois isso é o que irá diferenciar o jogador bom do ruim, determinar quem é tigre e quem é zebra.

Então, quando você encontrar uma zebra na sua frente e o bote falhar, saiba que a seleção natural irá atuar e que no longo prazo o número de zebras que serão pegas será bem maior do que as que escapam. É questão de ser paciente e oportunista, assim como diz este blog.

Mas o mais importante é: prepare-se para ser um tigre, comporte-se como zebra só quando necessário para sobreviver.

No longo prazo você irá se distinguir dos jogadores ruins/preguiçosos.

Obrigado pela leitura, espero que tenha sido útil.

Grande abraço.

Bom jogo.

Nos vemos nas mesas.

Para fazer um comentário, você precisa realizar seu login ou se registrar.
Fazer o Quiz
Novo por aqui? Faça nossa Avaliação de Poker para iniciar o seu aprendizado.
já é um membro? Fazer Login
javascriptNotEnabled
Aprenda Estratégias básicas até avançadas
Pratique Melhore suas habilidades com os nossos Instrutores
Ganhe! Se estabelecer como um jogador ganhador