javascriptNotEnabled

Home \ Comunidade \ Blogs \

Maktub

Conceitos, jogadas & conversa fiada.
Enviar MP
/Jan/2016

TRACKER & HUD - PARTE 2

Por: Beersomelier @ 13:58 (-02) / 451 / Comentário ( 1 )

Excelente dia a todos!


Dando continuidade ao tema, vou tentar explicar o que aprendi até hoje ao utilizar hud, definições, matemática entre outros temas das stats.

Esse vídeo pode parecer distante do foco do tema todavia dois erros são muito comuns ao se utilizar o hud:

1 - Excesso de stats;
2 - Falta de stats.

 

Então pense nisso antes de incluir ou excluir diversas stats do seu hud.


Conforme prometido iniciarei a jornada utilizando as stats da liga disponível na intelipoker (lembre-se de só utilizar o período gratuito do TRACKER quando souber o que fazer com ele).

Após o log in no site da Intelipoker poderá clicar em ESTATÍSTICAS conforme imagem abaixo.

Será direcionado para outra página nela estão diversas stats que começo a comentar a partir de agora.

Verá as imagens abaixo:

Como o que eu mais jogo é cash game e o foco do blog é voltando para esse tipo de jogo comentarei mais as stats que utilizamos no cash game.

HANDS - MÃOS JOGADAS


Abreviatura no hud - H:


Nome da stats no HM2: Total Hands¹


Essa é uma estatística bem peculiar, ela é absoluta, não depende de nenhuma outra stats e provavelmente seja a stats mais difícil de se ler.

TODAS as stats de jogabilidade tem relação com essa estatística, também é chamada de sample (amostra) para as demais stats.

A dificuldade dela não é absoluta mas sim relativa, sempre devemos pensar nessa stats ao relacionar com as demais stats de jogabilidade².

Ao analisarmos o nosso jogo devemos estar atento para a quantidade de mãos necessárias para análise de qualquer cenário ou stat assim poderemos ter ideia de sample que precisamos dos vilões para uma maior precisão.

Dica: Se está utilizando um tracker que permite alterar a aparência da stats em diversos ranges utilize também para o hands.

Separo ela em dois grupos análise do vilão e análise do hero.

• Análise do vilão:


• Análise do hero:


Para análise  do hero devemos considerar o que vamos analisar e como o hero tem alterado o jogo, embora muitos recomendam sample de 50~80k hands para nós que estamos aprendendo é interessante além do estudo de spot analisar com uma frequência menor devido as alterações no modo de jogo.

Conforme perceberá ao analisar o próprio jogo diversas stats necessitam de um sample absurdo então não se surpreenda ao ver que precisa de um sample de 80k hands para analisar o raise river em 3bet pot multway de determinado vilão, todavia vamos sempre trabalhar a stats do hud com a tendência do vilão justamente devido amostragem quase sempre ser baixa para diversos spots em turn e river principalmente.


Não bastando tudo isso tenha em mente que o sample sh e fr são diferentes para diversas stats (principalmente posicional) além claro de que para torneios, sng, hu também sofrem alterações devido mudança de blinds, número de jogadores, estrutura, etc...


Também devido ao sample chegamos a conclusão que o tracker é muito mais preciso para analisarmos o nosso jogo que para analisarmos os vilões.


¹Também chamada de sample, sample size, mãos, hands.

²Considero que stats como número de big blinds, nome não são stats de jogabilidade.
Vamos partir agora para o que realmente interessa, stats de jogabilidade.


A santa trindade do hud é o vpip, pfr e af, conforme já citado vou continuar utilizando a Intelipoker.

VPIP (Voluntarily put money in the pot)

Essa é a stat mais importante, é uma stat de frequência e oportunidade.

Essa stat revela se o jogador é tight (joga poucas mãos) ou se o jogador é loose (joga muitas mãos). Para definirmos o que é "pouca ou muita mão" precisamos primeiro analisar a quantidade de jogadores na mesa, quero dizer com isso, para uma mesa de 9 pessoas (full ring) consideramos que um loose joga X% das mãos e ao compararmos isso com uma six max chegamos a conclusão que esse vilão seria tight, reduzindo ainda mais o número de jogadores chegaremos ao super tight.

Como se não bastasse o número de jogadores precisamos avaliar o sample (número de mãos) que temos do vilão para definir se essa stats é confiável ou não (aqui começa o motivo do sample ser tão difícil).


Não contente temos que para tipos diferentes de jogadores vamos precisar de sample diferente, então vamos recapitular os tipos de jogadores:

Para saber mais sobre como venho classificando os jogadores recomendo a leitura do post neste link: CLASSIFICANDO JOGADOR PARTE 2.

Observação: Assim como o número de mãos essa stats terá relação direta com todas as stats de jogabilidade.


Lembrando que é possível se colocar dinheiro voluntariamente de formas passivas e agressivas, call, 3bet, cold call 3bet,cold 4bet, cold call 4bet, squeeze, cold call squeeze....

Temos dificuldade de identificar lag e maníacos em samples baixo e rochas e tight também.

Porém ter valores médios poderá ajudar a identificar os vilões, lembrando que o que necessitará de menor sample será o nitty e o que precisará de maior sample será para distinguir maníaco de lag.

Relacionando as stats


Agora começa a diversão, não se preocupe em decorar valores nem nada do gênero apenas entenda os conceitos.

NITTY


Como a tendências de jogar poucas mãos em samples baixos já conseguimos identificar isso, porém temos de lembrar que isso varia conforme o número de jogadores na mesa.


Os valores médios para SH que eu considero são VPIP menor que 10% para full ring e 16% para short handed.


Mas vamos para parte da matemática por trás desse números.


Considerando uma mesa sem ante e com valor da blind fixo (cash game comum) iremos passar nas blinds e isso irá gerar uma perda para nós, que no caso de full ring é de aproximadamente 11 big blinds a cada 100 mãos e no SH de 17 bb a cada 100 mãos. Ou seja, quando eu tenho 10% de vpip no full ring basicamente estou jogando com pouca defesa de blind, pouco roubo de blind, pouca 3bet light.


Lembrando que o vpip é a média considerando todas as posições, em range seria como se o range parece-se com isso:

Como o vpip é a média do range do vilão ele poderá variar e muito isso ao jogar posição ou defender muito as blinds, então não deixe de relacionar também outras stats posicional.

A tendência desse jogador normalmente pode ser vista já com 40 ou 50 hands de sample, onde valores como 3~4% (FR) ou 6~8 (SH) já demonstra forte tendência para essa classificação.

TIGHT


Esse vilão pode ser confundido com rocha ou loose em sample baixo e considero baixo em torno de 100 hands de sample. Os valores médios de vpip do tight gira em torno de 16% full ring enquanto para o 6max em torno de 20%, com uma variação de 2% para mais ou para menos em ambos os casos.

Em amostras baixas até 300 mãos essa diferença pode ser distorcida, em amostras altas mostra tendência de tag abc quando baixo e transição de tag para lag quando para cima.


Outro ponto importante é que os valores de referência presentes neste post podem desviar do tipo de jogadores ao ser aplicado em limites maiores, conforme ganhamos experiência no field devemos rever os valores afim de reduzir o desvio.

LOOSE


Como dito acima o loose pode ser confudido com o tight e também pode ser confundido com o manico ou fish, excelentes loose (agressive) jogam com stats de vpip semelhantes com as de fish, assim como péssimo loose também. Como a ideia ainda é apenas identificar tendências loose ou tight vamos focar em alguns valores de referência.


Sabemos que o loose joga mais mãos que o tight a questão é quanto a mais, de forma geral jogadores em FR com mais de 19% e jogadores em SH com mais de 23+ entram nesse campo de loose e o limite superior depende da habilidade do jogador onde é possível encontrar players com 24% de vpip no SH jogando bem e players com 29% no SH também jogando bem por isso é interessante um sample ainda maior para separar os extremamente loose (fish) dos loose bons (lag bons).


No geral com 300 hands já é bem possível ver essa diferença, vale lembrar que o maior desconforto do tight agressive é ter um loose agressive em posição, então cuidado ao classificar loose agressive com samples baixos.

Muito importante de lembrar que excelentes lags não costumam jogar limites baixos.

EXTREMAMENTE LOOSE

Jogadores com vpip extremamente alto acima de 40% era marcado como fish player rate do hm2 e com 60% era marcado como whale.

Esse é outro tipo de jogador que também é possível identificar sua tendência já em samples baixos (40~50 hands) quando vpip está nos níveis acima citados, e necessário um sample maior para diferenciar de loose agressive.

Resumo:


Com 50 mãos é possível identificar fish e nit ou ter uma ideia se estão tendendo para tight ou loose.

Com 100 mãos é possível identificar tight ou ter uma ideia se está tendendo para loose.

Com 300 mãos é possível identificar a tendência do jogador.

Jogadores diferentes podem ter a mesma porcentagem como no exemplo de lag bom e fish.

Cuiriosidades:


1 - Embora ela seja uma stat tipicamente do pré flop ela pode ser alterada no pós flop caso o BB decida dar check em um limped pot e nas streets do pós flop  (flop, turn ou river) acabe por colocar dinheiro no pote;

2 - Os trackers definem a fórmula do vpip como: total de vezes que voluntariamente colocou dinheiro no pote dividido pelo número de mãos, porém o número de mãos é o total de mãos menos as mãos que você recebeu walk (quando está no BB e todos foldam);

3 - Embora a live blind (postar a blind antes do BB) seja voluntário ela não conta para o VPIP;

4 - Existem duas situações estando nas posições de blinds onde o vpip não irá se alterar mesmo chegando até o showdown, uma delas ocorre quando o vilão dá um all in pré flop menor ou igual ao BB e a outra quando nosso stack é menor ou igual ao BB. Outra situação é quando nós fomos engolidos pelas blinds e a nossa stack é menor que a blind. (Situações mais comuns em torneios e sng que em cash game).

Conclusão:


Com base no vpip encontramos uma tendência do vilão e com base nessa tendência colocamos um determinado tipo de range (ver post colocando o vilao em range).


Devemos observar o custo por órbita (ante, blind, número de jogadores) para determinarmos o que é baixo ou alto vpip, lembrando que o foco do blog é mais para cash então não incluí icm nem mesmo estratégia short stack onde esses valores diferem e muito dos aqui citados.


Devemos ter cuidado com o sample ao analisar o vpip e por analogia do post de colocar o vilão em range devemos dar um peso maior em informações como showdowns e notas que apenas nas stats.

Boa sorte a todos e até a próxima.

Críticas

Sugestões

Dúvidas

Temas

Deixem nos comentários ou envie por mensagem privada.

Para fazer um comentário, você precisa realizar seu login ou se registrar.
Fazer o Quiz
Novo por aqui? Faça nossa Avaliação de Poker para iniciar o seu aprendizado.
já é um membro? Fazer Login
javascriptNotEnabled
Aprenda Estratégias básicas até avançadas
Pratique Melhore suas habilidades com os nossos Instrutores
Ganhe! Se estabelecer como um jogador ganhador