javascriptNotEnabled

Home \ Comunidade \ Blogs \

A Grande Jogada

Sobre aspectos psicológicos, leituras de mãos, e muito mais...........
Enviar MP

Faz tempo que não posto por aqui. Resolvi trazer uma postagem que eu mesmo criei e acho muito bacana principalmente para quem está começando, confira.

Leitura de Mãos nada mais é do que sua Habilidade de analisar as informações disponíveis e chegar a alguma conclusão. Porém temos que compreender algumas coisas antes de continuar:

1. A Qualidade da Informação

Quando você entra em um supermercado não tem interesse de comprar produtos de má qualidade ou que estão vencidos. De fato existiria uma denúncia da qual poderia fechar o supermercado. No poker a qualidade da informação é muito importante.

Quando falamos em qualidade nos referimos ao nível de conhecimento, observação a qual o jogador possuí. Isso implica que se o jogador está em um nível básico de conhecimento e observação, não importa a observação que ele faça, jamais estará no nível ideal ou excelente. Mesmo que o jogador não esteja em um nível ideal ou excelente não implica que o mesmo não possa tomar boas decisões.

Um jogador iniciante e com um conhecimento em nível básico, tenderá a tomar decisões ruins e fracas com maior frequência, do que um jogador profissional. Um iniciante tenta acertar o máximo que pode conseguir, enquanto um profissional faz o máximo para não cometer erros. De forma simples, o iniciante erra para tentar acertar, enquanto um profissional acerta com frequência evitando errar.

2. Quantidade de Informação

A qualidade é muito importante, porém a quantidade também não fica atrás. Quanto maior o número de informação e que a maioria ou todas as informações possuem o nível mais elevado de qualidade, melhor será a decisão final. Isso implica que informação sem qualidade, não importando a quantidade, levará a tomar menos decisões corretas no longo prazo. A intenção é, se focar na qualidade da informação para ser capaz de ir aumentando a quantidade de informações adquiridas.

Assim não perderá a qualidade na informação e ao mesmo tempo será capaz de observar uma quantidade maior de informação. Fase Inicial de SNG e MTT A Fase inicial é um momento muito importante e utilizar a estratégia adequada nesta fase permitirá ir longe com maior frequência.

A Leitura na fase inicial é muito simples, principalmente se não conhecer seus adversários. Caso conheça seus adversários poderá jogar da melhor forma baseado nas informações que possuir.

Quando não conhecer seus adversários ou não saber como jogam, a melhor estratégia é jogar de forma segura, se focando em observar seus adversários. A cada ficha que é colocada na mesa, uma nova informação surge. Algumas dessas informações vão se repetir tanto que irá se acostumar rapidamente, outras informações raramente vão acontecer e será mais difícil decifrar o que está acontecendo. Porém se jogar sem se focar na informação tenderá a perder oportunidades.

Como dissemos iremos iniciar nosso jogo de forma segura, observando nossos adversários. Iremos jogar assim até que os Blinds cheguem em 40/80. Após esse nível de Blinds começaremos a utilizar a estratégia de Manutenção da Stack que aprenderá na Fase Intermediária. Isso porque na fase inicial a manutenção da stack não é necessária. Não apenas você, mas muitos jogadores tenderam a jogar de forma segura até os Blinds 40/80. Esses são os mais fáceis de observar, já que se envolvem em poucas mãos. Neste caso pode utilizar uma cor amarela neles.

Outros jogadores tendem a entrar muito de limp ou a ir de allin logo de inicio com mãos com pouco valor e também farão jogadas erradas com frequência. Isso quer dizer que se estiver observando seus adversários atentamente compreenderá qual o estilo de cada um deles e assim a informação que terá sobre eles, poderá te dar alguma vantagem na fase intermediária e final, assim como venha a jogar outras vezes contra esse mesmo adversário. Porém se o iniciante não possuir o conhecimento adequado, o mesmo tenderá a deixar passar essas informações, sendo assim terá maiores dificuldades em avaliar seus adversários e em coletar informação.

A Regra a principio é: Nenhuma informação é ruim o bastante para ser jogada fora. É muito importante se focar em decorar (perceba que utilizei a palavra DECORAR) o mais rápido e breve possível quais as principais jogadas de jogadores seguros, passivos e agressivos, para ser capaz de reconhecer esses jogadores com maior facilidade.

Principalmente decorar as jogadas que significam força e fraqueza. Desta forma será capaz de evitar a força de seus adversários ou tirar vantagem através de alguma oportunidade, e compreenderá como atacar a fraqueza de seu adversário, desta forma será capaz de adquirir algumas fichas extras. Sua habilidade em adquirir fichas e perder fichas é muito importante. Quanto menos fichas perder, mais fichas terá.

Quanto mais fichas tiver, menos sofrerá com os Blinds subindo. Ranges (Leque de Mãos) Bem, você está jogando micro limites, então existirá uma quantidade de jogadores ruins e passivos, jogando muitas mãos logo de inicio de SNG ou MTT. O que sem dúvidas facilitará para saber quem é mais seguro ou não. Porém existe uma tendência dos jogadores jogarem de forma mais segura logo de inicio, não apenas em relação as mãos que jogam, mas também no pós-flop. Isso porque não existe muitos motivos para que eles fiquem arriscando com blefes, principalmente enquanto o pote for pequeno em comparação as stacks.

O que significa que eles tenderam a jogar de forma agressiva no Flop, Turn e River, quando possuírem mãos para isso e evitaram jogar de forma agressiva com mãos que erraram o Flop, o turn ou river. Se a pessoa tem AA, tenderá a ser agressivo pré-flop, apostará no Flop, no turn e River. Alguns jogadores é claro são capazes de fazer a Trap, mas de inicio possuem uma tendência de continuar apostando ao invés de fazer slowplay. Porém se o mesmo adversário tem AK em um Flop como Q35, alguns jogadores poder apostar neste flop mesmo tendo errado e outros podem dar check-fold.

Os que apostam no Flop quando erram tendem a parar de apostar no turn, se o turn não ajudar tendem a parar de apostar. No Inicio de SNG ou MTT vamos utilizar regras simples e de fácil compreensão.

1. Jogando com pares pequenos De inicio de MTT ou SNG tenderá a jogar com pares pequenos.

Sua intenção é acertar uma trinca, porém irá errar praticamente 7 vezes até acertar uma. Vamos supor que alguém abra de UTG, MP ou BTn e você está nos Blinds com 33. No caso poderia ser qualquer par de 22 até TT, que a jogada seria a mesma, ou seja, iria pagar para tentar acertar uma trinca. Vamos supor que o flop veio Q54, do qual você erou feio sua trinca. Existe duas jogadas a serem feitas aqui:

(A) Largar para uma Cbet

(B) Pagar para ver o que acontece no turn

Devemos optar com maior frequência pela opção (A) quando não conhecemos nossos adversários, porém quando conhecemos nossos adversários e sabemos que ele tende a dar check no turn quando faz Cbet no flop quando não tem nada, então se torna correto pagar no Flop e tomar a iniciativa no turn. Porém se sabemos que o adversário aposta com frequência no turn, então a melhor jogada será a opção (A). Vamos supor que o flop traga Q34. Desta vez acertamos uma trinca. Temos algumas escolhas:

(A) Pagar.

(B) Aplicar o raise

Aplicar o raise compensa quando se sabe que seu adversário não irá largar alguma Q que possa ter. Isso quer dizer que se der raise neste tipo de Flop seu adversário tenderá a largar com maior frequência, o que implica que a opção (A) é a melhor escolha.

Se o Flop fosse algo como JT3, agora com uma trinca a opção (B) se torna a melhor jogada já que seu adversário pode pagar com J acreditando que estamos em um draw ou algo do tipo, assim como ele pode continuar na mão com QQ, KK e AA.

Se ele tiver algumas dessas mãos, então fique feliz, pois em micro limites eles tendem a entregar o máximo de fichas. Em outras palavras, quanto menor o flop, principalmente quando tiver uma trinca, a tendência é que seus adversários em micro limites percam muitas fichas com mãos fortes. Por exemplo, o flop trouxe, 237 e você tem uma trinca de 3. Seu adversário não irá largar mãos como A7, 88 até AA. Suas chances de tirar todas as fichas de seu adversário é muito maior.

Os piores Flops que podem aparecer são aqueles que possuem duas cartas maiores que 9. Estes são os piores Flops para pares pequenos. Pares pequenos de inicio de SNG ou MTT, preferirá por jogar através do call. Em algumas ocasiões poderá dar 3bet para ser o agressor e tentar ganhar o pote. Porém está jogada é viável a partir da fase intermediária, da qual pagar pela trinca será algo matematicamente mais complicado de se fazer.

A razão é bem simples, no inicio todos possuem muitas fichas comparadas ao nível dos Blinds. Começamos com cerca de 1500 fichas e os blinds estão em 5/10. Cada jogador começa com cerca de 150 Big Blinds, o que é bem diferente quando nos encontramos na fase intermediária da qual os blinds estão entre 80/40 e 200/100, dos quais os jogadores possuem 10 Big Blinds, 25 Big Blinds, 35 Big Blinds com maior frequência.

Ou seja, eles não possuem fichas o suficiente para que fiquemos pagando com pares tentando acertar a trinca. Se eles possuírem mais de 35 Big Blinds então tudo bem, porém se possuírem menos é melhor aplicar a 3bet do que pagar com a intenção de apenas ver o Flop.

No inicio não tem tanto problema de perder algumas fichas com pares pequenos, porém a partir da Fase intermediária a melhor jogada a se fazer com os pares é aplicar a 3bet, porém deve-se aplicar a 3bet contra jogadores que tendem a largarem pré-flop, que paguem com maior frequência e larguem no Flop ou Turn para uma segunda aposta. Jogadores seguros tendem a ter um range pequeno o que implica na forma como faremos a 3bet. A Regra é Simples, errou a trinca ótimo, pode largar sua mão. Se o jogador tender a largar no turn, então pagar no Flop e apostar no turn se torna uma excelente jogada.

2. Cartas do mesmo naipe

Irei falar sobre cartas do mesmo naipe menores que J. Isso porque jogar com cartas do mesmo naipe sendo cartas maiores que 9, necessita de maior cuidado. As cartas do mesmo naipe menores que J, como T9s, T8s, 56s, 46s, 78s, são boas para ver o Flop e tentar acertar alguma coisa boa neles, como algum draw de 2 pontas ou o próprio Flush Draw.

A intenção é acertar um Combo draw (acertar o par mais o Flush draw ou chance de sequência) , o que nos permitirá continuar no pote mesmo que nosso adversário aposte forte. Como nossas cartas raramente possuíram valor de showdown (mostrar as cartas no river) tendermos a larga-las. Um 76s por exemplo, quando erra o Flop, não nos oferece chance de call ou chances de ganhar no river. Estamos perdendo praticamente para todas as mãos de nossos adversários. Largar é a melhor jogada.

Caso acerte um par, bem então deve seguir a rotina da Regra 1 baseada a jogar com pares pequenos tentando acertar a trinca. Como segue o mesmo raciocínio não precisarei explicar novamente. Como temos muitas fichas comparadas com o tamanho do pote, perseguir nossos draws não é de todo ruim, porém não fique colocando fichas desnecessárias no pote, principalmente se possuir algum draw fraco como a broca ou pegar a parte de baixo de uma sequência.

3. Cartas do mesmo naipe maiores que 9

Essas cartas maiores que 9 chamaremos de BR (Brodaway abreviação), essas são as piores cartas para se jogar. É com essas cartas que os iniciantes sofrem e tendem a perder muitas fichas logo de inicio. Contra jogadores que abrem de UTG, dependendo da imagem deles, largue essas BR com frequência.

É claro que pagar para ver o Flop não é de todo ruim, principalmente com JT do mesmo naipe ou KQ do mesmo naipe, porém tenha cuidado ao jogar o pós flop quando conseguir um top pair no Flop. Imagine que você tenha QJ do mesmo naipe e pague uma aposta de um jogador ao qual não tem qualquer informação que está em UTG. O range que colocamos para esse jogador é ATs, AJs, AQs, AKs, 99, TT, JJ, QQ, KK, AA, KQs, AKo, AQo, e Ajo.

Comparando nosso mão (QJs) com a mão de nosso adversário, ou prováveis mãos de nosso adversário, estamos muito atrás. Mãos como 76 do mesmo naipe possuí melhores chances do que QJ do mesmo naipe. O FLop Traz J73. Acertamos top pair, mas vamos fazer algumas contas, AJ, JJ, QQ, KK, AA, continuaram a apostar, mãos como TT, 99, AK, AQ podem dar check agora ou no turn. Porém se espera que neste Flop nosso adversário aposte todo o range (leque de mãos). Nosso top pair é bom o suficiente para pagar uma aposta, porém raramente se dá bem contra uma segunda ou terceira aposta. Principalmente se essas apostas forem no inicio do SNG e MTT.

Para tomar a decisão de pagar ou não no flop, me baseio exclusivamente no que meu adversário fará no turn. Se eu sei que aposta com frequência no turn, então largarei minha mão no Flop, mesmo sendo top pair.

O que é uma forma inteligente de evitar perder fichas. Porém se eu sei que meu adversário tende dar check no turn, então pagarei no flop com maior frequência e avaliarei a minha situação no river. Tenderemos a jogar com maior cautela com essas mãos, principalmente sem ter informação de nossos adversários. Algo muito importante de compreender é que, jogadores em nível 1 e 2, possuem dificuldades em avaliar o range de seus adversários, porém para jogadores de níveis 3 e 4, se torna óbvio que você está fazendo, ou seja, está jogando de forma agressiva, aumentando o pote com mãos fracas, largando mãos ruins e jogando com cautela mãos de médio valor.

Quando enfrentar um jogador de nível 3 e 4, deve fazer de tudo para engana-lo, ou seja, utilizar a informação que ele possuí de nós contra ele. Se ele pensar que estamos jogando por valor, então será quando estaremos com mãos fortes, assim ele fará jogadas da qual perderá fichas ao invés de ganha-las.

Também poderá demonstrar força com mãos fracas (blefes) e demonstrará fraqueza quando estiver forte. Esse tipo de jogada é adequada quando se tem várias mãos jogadas contra seus adversários ou que se sabe que eles estão em um nível superior ao seu. Se acertar um Draw pode jogar da forma como explicamos na Regra (2), porém ao acertar top pair com mãos de BR, evite pagar duas apostas seguidas em micro limites no inicio de MTT ou SNG. 4. Jogando com Ax do mesmo naipe Existem três níveis de Ax, temos o Ax, baixo ou seja, A2, A3, A4 e A5. Os Ax altos como , AT, AJ, AQ, AK e os Ax médios como A6, A7, A8, A9. Quando jogo com Ax, tento evitar os Ax médios. Isso porque eles somente me oferecem a chance de acertar um draw para Flush e não para sequência. Para piorar são mãos das quais quando os iniciantes acertam um Top pair como ter A7 e acerta o 7 no Flop 743, não dá pra saber aonde estamos e neste caso teremos que jogar com cautela como no ponto (3), e mesmo que acertemos o A no Flop, temos um 7 de kicker que é muito ruim, o que também implica que não sabemos aonde estamos na mão e teremos que jogar que nem no ponto (3). Ax médios se tornam mãos bem complicadas de serem jogadas. Porém não significa que deve evitar jogar com essas mãos. Honestamente prefiro o Fold, mas não custa muito para ver o Flop principalmente com mais de dois jogadores no pote.

Sua intenção ao jogar com Ax é em sempre manter um pote pequeno, até sua mão se tornar uma mão muito forte. Prefiro jogar com Ax pequenos, como A2, A3, A4 e A5, principalmente se forem do mesmo naipe, pois me oferece reais chances quando o flop vier baixo. É claro que quando acertamos um par é uma situação bem mais complica que Ax médios, porém tenho a chance de acertar um Flush Draw, straight draw e ainda ter o A para acompanhar. Naturalmente os Ax baixos possuem melhor equidade que os Ax médios, mesmo que seja pouca, algo menor que 5%, mas já é algo a se considerar.

Os Axs altos são mãos mais fortes, pelo simples fato de possuírem um kicker razoável, descente ou muito bom. Além também de poder acertar a parte alta do Flop, o que sem dúvidas é muito bom. Como regra geral, não é necessário jogar de forma muito agressiva de inicio de MTT ou SNG com mãos como AK, AQ, exceto contra jogadores de posições finais.

Se um jogador que não sabemos seu estilo de jogo abre um open raise de UTG ou MP, prefiro pagar com AK e AQ do que aplicar o raise. Porém se o mesmo jogador ao qual não tenho informação abrir do Cutoff ou Botão tenderei a aplicar a 3bet com frequência com até Ato. Mesmo que os Ax altos sejam mais fortes, eles servem para pagar até duas apostas, porém raramente se dão bem contra um raise no turn, um re-raise no Flop ou uma terceira aposta no river.

Mesmo que tenha top pair e um bom kicker deve saber o quanto seu top pair aguenta e normalmente ele não aguentará 3 apostas seguidas ou um raise no turn, no inicio de MTT ou SNG. Conclusão Seguindo essas simples regras de inicio de torneio garanto-lhes que conquistaram alguma vantagem e conseguiram passar pela fase inicial com um nível excelente de jogo. Porém o objetivo central da fase inicial é OBSERVAR SEUS ADVERSÁRIOS e jogar de forma segura, principalmente se não conhece muito ou nada sobre seus adversários. Na Semana 2 aprenderá o que significa fraqueza e força em micro limites e assim compreenderá melhor como tirar alguma vantagem de seus adversários ou a evitar situações da qual perderia fichas. Boa sorte e bom jogo.

Atenciosamente Gabriel Melo.

Para fazer um comentário, você precisa realizar seu login ou se registrar.
Fazer o Quiz
Novo por aqui? Faça nossa Avaliação de Poker para iniciar o seu aprendizado.
já é um membro? Fazer Login
javascriptNotEnabled
Aprenda Estratégias básicas até avançadas
Pratique Melhore suas habilidades com os nossos Instrutores
Ganhe! Se estabelecer como um jogador ganhador