javascriptNotEnabled

Home \ Comunidade \ Blogs \

A Grande Jogada

Sobre aspectos psicológicos, leituras de mãos, e muito mais...........
Enviar MP

Decidi fazer uma sessão review de um MTT que joguei e peguei segundo lugar. Irei colocar meus pensamentos e corrigir meus erros, e quem sabe ajudar alguém a melhorar seu jogo no processo.

De inicio Larguei 15 mãos. São mãos ruins para jogar de inicio de torneio. Então larguei todas. A primeira mão que joguei foi um TT e segue-se abaixo:

O jogador do HJ é um jogador que chamo de Fish e tem a cor verde clara, ou seja, posso jogar comtudo com ele com minhas mãos mais fortes que ele irá me pagar. Porém, no pré-flop é interessante. Tem muitos jogadores ruins na ORemier Qualifer e principalmente no inicio eles fazem jogadas muito estranhas e esquisitas. Como estourar 960 em um pote com cerca de 180 fichas. 

Normalmente este tipo de jogada com frequência encontro uma mão de roubo ao invés de valor. Então sei que não vai significar AA, KK, QQ. AK é mais provável. De qualquer forma decidi entrar nesta mão contra o BB. Porém o jogador do HJ Paga, aqui é interessante pois, se ele tivesse AA-JJ/AQ, ele teria jogado de forma diferente como ele vinha mostrando em mãos passadas. Ele jogou de forma agressiva suas mãos fortes, porém jogou de forma passiva suas mãos fracas. Sabendo disso, pensei em tentar ganhar umas fichas extras já que sem duvidas eu sabia que estava muito na frente dele ou estaria em um FLip. Essa é uma situação muito boa já que tenho excelentes chances de manter minha stack próxima a 1400 caso eu perca para o BB mas ganhe do HJ. 

Por isso coloquei tudo no pano e meu adversário mostra J9 e o outro A7, praticamente em um FLip contra AJ, porém em condições bem interessantes contra dois jogadores. Caso pergunte o porque entrei de Limp no pré-flop a razão é que preferi tentar trincar já que mesmo que eu dê o raise não conseguirei tantas fichas e se for pago e vier J, Q, K no flop acertará com frequência o Limp-call. 

Perceba que em uma única mão, temos diversas informações e sem essas informações jamais teria tomado a decisão de ir allin por cima, principalmente se esses jogadores fossem jogadores seguros.

A próxima mão que joguei foi a de número #24 (perceba que no inicio jogo de forma bem segura aproveitando ao máximo as informações contra meus adversários).

Essa mão é interessante tenho uma mão que Flopa bem e temos um pote com vários jogadores, sem contar que tenho posição, ou seja, verei o que meus adversários vão fazer e depois tomaria uma decisão baseada na informação que eles oferecem.

No Flop acertamos o Flush Draw, não levo em consideração tanto assim o T, mesmo que ele vindo possa me dar uma sequência, mesmo oferendo uma sequência maior a meus adversários.

Um aposta e outra paga e estou recebendo odds de 4 para 1, o que é suficiente para pagar no Flop e ver o turn. Como tenho o Flush Draw é bemm mais complicado colocar meus adversários em um Flush Draw melhor, é muito mais provável colocar Top pair para quem apostou e alguma coisa conectada como um 9T ou até mesmo o T para o jogador que pagou. DE qualquer forma, se o jogador que pagou tivesse um 9J, 99, 9Q, não teria motivos para apenas pagar. Ele iria dar raise, já que é isso qe jogadores em micro limites tende a fazer quando possuem uma mão muito forte. Então ele deve ter uma mão de valor médio ou quem base um TK tendo a sequência ou T8. Decido ir com cautela, não existe motivos para colocar o máximo de ficha neste tipo de flop. E o mais importante, em flops muito conectados jogadores em micro limites jamais vão blefar neles, então espero no mínimo mãos decentes ou draws.

Bem, bate o T, e conseguimos nossa sequência. O primeiro jogador dá check, em outras palavras está praticamente desitindo do pote, imagine que ele tenha Q9 batendo o T contra dois call ele não tem chances de ter a melhor mão nesta situação. O outro jogador aposta 80 em um pote de 1000. Isso na maioria das vezes vai significar uma mão com potencial e também pode significar um K ou 8, ou até quem sabe Q9 e o cara não sabe o que fazer com essa mão e também não quer dar check. Porém jogadores seguros e passivos tradicionais tendem a dar check e somente alguns jogadores tendem a fazer essa aposta pequena e são os passivos que fazem trap ou são os passivos que não sabem o que fazer com a mão que possuem.

Aqui sem duvidas o call é a melhor opção. Ninguém deu raise, segue-se o mesmo pensamento do turn para o river. O river traz outro T e esse T pode preocupar um pouco, já que o vilão poderia ter pago com KT, 8T, 9T, JT, QT do qual são mãos que se encontra bastante em seu range, assim como Kx, 8x sem o T e também ele pode ter muitos T que trincaram como KT, 8T, 7T, AT. é uma situação bem interessante. 

A aposta de 80 não representa nada tão forte assim, a não ser um K ou quem sabe alguma mão que não quer receber um raise. O outro jogador aposta o mínimo, fazendo um miniraise (clássico de jogadores passivos), porém em minha leitura não vejo mãos tão fortes assim como um full house apostando o mínimo nesta situação, então acredito que possa ser uma mão inferior ao full house como K ou T ou Q. A única forma de descobrir é aplicando um raise e ver o que o vilão faz. Com as informações que coletei até o momento o vilão irá aplicar um raise em minha aposta se ele puder vencer um FLush porém apenas pagará se tiver uma mão como K ou T. Tomo dois call ou seja, nenhum deles tem uma mão forte e na hora do Showdown fiquei muito satisfeito pela forma que joguei está mão e pela forma que coletei as informações. Lembrando que esse makas é um freqguês e nele apostar com o Flush no River era obrigação basaedo no range que ele tem pré-flop para jogar.

nenhuma ação importante até a mão #47. Eis o que rolou:

Abro minha aposta padrão de roubo, porém tenho uma boa mão para roubar o que facilita ainda mais, e o vilão no BB apenas paga. Não sei o estilo desse jogador porém ele pra mim é um jogador ao qual deixo um range standart. Não o conheço então sou mais cauteloso.

Ele toma a iniciativa em um Flop que não acerta tanto assim o range dele e acredito que um 4 daria check e um T também daria check, então ou ele deve estar apostando por nada ou ter um par em mãos. Decido pagar para ver o turn e tentar acertar meu A ou Q e também tentar levar o pote com uma aposta se a carta certa aparecer.

aparece um K e de forma óbvia esse K é uma carta que teoricamente assusta o range de tomar a iniciativa. Quando ele faz a mesma aposta novamente no turn decido representar uma mão forte e ver o que ele faria. Se ele pagasse definitivamente ele tem uma mão de valor, se ele largar ganho um pote atacand a fraqueza de meu adversário e se vier um A posso tirar algumas fichas se ele tiver um par menor que K ou tiver o K. Ele paga minha aposta e bate um 9 no river que me atrapalha e muito. Porém meu adversário aposta 160 em um pote com quase 3000 mil. Decido pagar por informação. Sei que pagar por informação no poker pode custar caro em algumas situações, porém não nessa. 

Pago e ganho a informação que ele éum jogador passivo que toma a iniciativa com Air e faz apostas pequenas tendo mãos medianas ou blefes. Essa informação é muito importante pois lá na frente fará enorme diferença contra este vilão em especial.

Acredito que meu raise no turn foi algo óbvio e também deixou óbvio que tipo de mão eu tenho ou seja o Blefe ou K, já que se eu tivesse um T teria dado raise no Flop e de fato acredito que este foi meu erro. se dou um raise no Flop poderia ter terminado com a mão ali e agora e não teria conquistado a informação no river que tanto eu queria. Porém se eu tivesse o T, jogar apenas pagando e dando um raise no turn seria muito eficiente:

1. Muitos jogadores tendem a punir fraqueza em micro limites, em outras palavras eles não podem ver um check que vão lá e apostam duas vezes seguidas para tentar tirar o pote de você. Até mesmo em regulares que jogam até os de 11$ tendem a fazer essa jogada, pois na mente deles o check representa fraqueza ou mãos de valor e duas apostas fortes fazem as mãos de valor e os blefes largarem.

2. Dando o raise no turn estaria escondendo a força de minha mão e dizendo que ou tenho o K ou estou representando o K. Bem, como estou em Posição final, e se esse fosse um bom jogador ele teria pensado justamente isso, ou seja, que estou tentando representar o K já que o range de meu adversário está evidente.

 

Bem é isso galera, espero ter ajudado alguém.

Te vejo nas mesas. Atenciosamente Ghost.

 

 

 

 

Para fazer um comentário, você precisa realizar seu login ou se registrar.
Fazer o Quiz
Novo por aqui? Faça nossa Avaliação de Poker para iniciar o seu aprendizado.
já é um membro? Fazer Login
javascriptNotEnabled
Aprenda Estratégias básicas até avançadas
Pratique Melhore suas habilidades com os nossos Instrutores
Ganhe! Se estabelecer como um jogador ganhador
/popular/
Home Game QG100FREIO Boa Noite!!! Sou o Leandro1818, jogo Poker a varios anos mais por dive ...
Mais