javascriptNotEnabled

Home \ Comunidade \ Blogs \

Ihsemaru

Caminhada de alguém que pretende virar profissional no futuro
Enviar MP

Devido a alguns comentários no meu post sobre bad beat, além de outros lugares, decidi fazer esse novo post. Vou falar algumas coisas óbvias pra alguns, mas necessárias no post.
Vamos começar com probabilidades Imagine que você jogue uma moeda pra cima, quais são as chances de cair cara? 50%. O mesmo com a coroa, certo? Isso quer dizer que a cada dez vezes que jogamos a moeda vamos tirar cinco vezes coroa e cinco vezes cara? Claro que não. Com 10 lançamentos existem inúmeras possibilidades. Sair 80% coroa e 20% cara ou 70% cara e 30% coroa e etc.. Porém se você jogar a moeda dez mil vezes, a porcentagem provavelmente vai ficar próxima de 50% para cada uma. No Poker as coisas são parecidas.
Vejo muita gente reclamando de “falta sorte” porque perdeu com uma mão que era favorita (mais chances de vencer). Vamos botar uma coisa na cabeça, favorito é diferente de imbatível. Pegaremos o famoso par de ases, que deve ser o maior motivo de reclamações quando se perde uma mão. O par de ases tem, de maneira geral, aproximadamente 80% de chances de vitória independente da mão do seu adversário, ou seja, você vai perder 20% das mãos que jogar com o par de ases. O 72, que é a pior mão do esporte, tem aproximadamente 10% de chances de vitória contra o par de ases. Logo, só existem duas certezas quanto a par de ases, que vamos ganhar a maioria das mãos e que em alguma hora nós vamos perder.

“Ahh! Com a maioria pode ser assim, mas eu com certeza perco mais que ganho com o par de ases”

Alguns de vocês de estar pensando isso ou conhece alguém que pensaria assim. Todo mundo já se achou o maior azarado da história com o AA na mão, todos tem história inacreditáveis de derrota com essas mãos, mas NÃO! Você não perde mais que você ganha com essa mão.

O que acontece é simples, nós humanos temos mais facilidade de lembrar o incomum, o anormal, o bizarro. Aliás quem já teve aulas ou leu algum livro sobre memorização sabe que criar histórias incomuns, bizarras é uma das técnicas para se memorizar as coisas. Mas voltemos para o caso de achar que uma coisa acontece mais que outras. Contarei um exemplo fora do poker. De vez em quando, eu assisto jogos de futebol com o meu pai e toda vez que um jogador chuta uma bola na trave ele diz “Esses caras sempre acertam o pior, eles acertam mais a trave que o gol”. Logicamente, isso não é verdade, os jogadores acertam mais o gol, porém tem um goleiro defendendo os chutes. Só que o goleiro defender os chutes é uma coisa comum e que acontece a todo momento então quando a bola acerta a trave parece que acontece mais vezes. E é isso o que acontece no poker, quando você ganha com um par de ases, a coisa é comum e você não lembra daquilo, já quando você perde com essa mão acontece o oposto, é tão raro aquilo acontecer que fica na sua cabeça e isso te faz achar que isso ocorre mais vezes do que realmente ocorre.

O fato é o seguinte, TODOS, sem exceção, ganham mais do que perdem com um AA na mão. E quando se perde, não é falta de sorte, é apenas matemática. É uma coisa que vai acontecer, então vamos parar com aquele choro “perdi com par de ases outra vez, nunca mais jogo poker”. É uma coisa ruim, mas é normal acontecer. Então vamos parar de se estressar por bobagem e começar a aproveitar o esporte

Para fazer um comentário, você precisa realizar seu login ou se registrar.
Fazer o Quiz
Novo por aqui? Faça nossa Avaliação de Poker para iniciar o seu aprendizado.
já é um membro? Fazer Login
javascriptNotEnabled
Aprenda Estratégias básicas até avançadas
Pratique Melhore suas habilidades com os nossos Instrutores
Ganhe! Se estabelecer como um jogador ganhador