javascriptNotEnabled

Home \ Comunidade \ Blogs \

Caminho do Poker

Pretendo listar nesse blog algumas mãos e relatar meus dias no poker
Enviar MP
/Jan/2016

O Preço do Slow Play!

Por: wagnercarval @ 15:02 (-02) / 238 / Comentário ( 2 )

Como disse no meu post anterior hoje retomei a disputa da Open Skill League após ter tirado um tempo para estudar um pouco estratégias para algumas situações de jogo.

Também estabeleci um range de mãos por posições para jogar pelo Equilab que estou seguindo rigorosamente e tem funcionado bem. Vamos ver até onde chegamos, mas já estou feliz com o progresso.

Na mão a seguir jogo um draw que na minha opinião foi mal jogado pelo vilão, o que me possibilitou controlar o pote do botão mais facilmente e acertar minha pedida no river e extrair tudo que eu podia.

http://www.boomplayer.com/pt-BR/poker-hands/Boom/17342945_4C61183304

Vamos a analise:

1- Vilão da Raise em UTG+1

Fora de posição imagino que ele possa ter  , ,  ou algum par formado na mão como ,  como ele não havia jogado muitas mãos imaginei que fosse tight.

Mesmo assim como eu estava no botão de   imaginei estar com uma mão forte o suficiente para ver o flop e caso necessário foldar o pós.

Resolvo apenas pagar para não correr o risco de perder muitas fichas no começo e vamos ao flop.

2- O Flop e o Draw

Quando o flop abre tenho um straight draw faltando um K, 4 outs. Estava conformado para foldar a mão a qualquer raise do vilão e não estava com muitas preocupações com o cutoff que vinha abrindo muitos conectores e semiconectores e puxando potes com pares mais baixos. Para minha surpresa o vilão da check, cutoff check. Achei estranho e suspeitei que ele fazia slowplay e se eu betasse ele me voltaria com raise, até mesmo all in, me forçando a largar ou pagar a broca, então fui passivo. Ótima escolha! Vi mais uma carta sem investir nada e o pote continua pequeno enquanto não acertei nada. Ainda tenho 4 outs para o nuts. 

3- O erro do vilão: NÃO AGREDIR DEVIDAMENTE

Quando estamos com mãos muito fortes e somos o agressor pre flop, penso que não podemos relaxar, pois mostramos fraqueza, mas não podemos ser agressivos demais para não perder fichas que podemos somar, temos que agredir da forma certa e até mesmo evitar o showdown se não estivermos em nuts, até porque, quem nunca perdeu no river que atire a primeira pedra!

 

O turn abre um  e o vilão faz uma aposta muito pequena, o cutoff da fold e eu novamente acho estranho, pois ele estava com uma postura agressiva em outras mãos, disconfio mais uma vez que ele quissesse o meu raise num slow play. Novamente mantenho o controle do pote e invisto apenas as 60 fichas que não compromeria meu stack e me dava uma possibilidade de encontrar o . Se não bater, easy fold a qualquer bet.

Muitas vezes uma aposta pequena pode representar fraqueza, mas ela também pode servir de isca para gerar valor no pote, então, atente-se para as ações de seus adversários em outras mãos sempre, mesmo que você não tenha se envolvido nelas. Essas atitudes te darão vantagem para interpretar o jogo do seu oponente quando tiver de enfrentá-lo

4- E no river... bate o K.

Pronto, o vilão amaciou e agora estou Nuts! Hora de extrair o máximo que conseguirmos.

O vilão aposta meio pote, acho que ele pensou que talvez eu tivesse um top pair com  para ir até o river ou então  com kicker altos ou pares pequenos. Quando vejo essa aposta confirmo minhas suspeitas de slow play, ele foi agressivo ou então estava esperando o  realmente sabia que ele teria uma mão de valor, ele apostou meio pote pois seria um valor pagavél e disconfiável ao mesmo tempo, já que ele foi passivo nas ações anteriores, ele queria que eu pagasse, caso contrario talvez tivesse ido all in direto. Fazendo isso ele demonstra que está disposto a investir fichas uma vez que investe mais da metade de seu stack.

Creio que ele estava tão confiante com a trinca que nem pensou que eu pudesse ter  e feito o Straight, então empurro tudo ele paga e eu puxo o pote em cima de uma trinca de  flopada.

  Vilão          Hero              

 Bordo

Esta mão demonstra que por melhor que seu jogo esteja, não devemos confiar no baralho jamais. O slowplay é perigoso em situações nas quais não estamos 100% nuts.

Qualquer bet que o vilão tivesse dado no flop provavelmente eu foldaria uma vez que só tinha 4 outs. Ele teria puxado algum valor e segue o jogo.

Talvez a ação do check podia até ter sido aproveitada melhor se eu tivesse agredido no botão. Como não agredi, no turn talvez  coubesse a ele ter feito uma aposta maior. Estaria tentando ganhar valor e provavelmente eu não insistiria no river e se insistisse seria aquela velha história de se quiser ver a ultima vai ter que pagar caro! E seria um river caro para mim realmente. Mas ao passar e fazer pequenas apostas ele favorece para que eu encontre a minha carta e vire o jogo a meu favor investindo praticamente nada ainda culminou na eliminação no início do torneio. Pensem bem antes de fazer um slowplay e se fizerem tenham certeza de estarem em nuts.

Espero que tenham gostado!

GL nas mesas pessoal!

Para fazer um comentário, você precisa realizar seu login ou se registrar.
Fazer o Quiz
Novo por aqui? Faça nossa Avaliação de Poker para iniciar o seu aprendizado.
já é um membro? Fazer Login
javascriptNotEnabled
Aprenda Estratégias básicas até avançadas
Pratique Melhore suas habilidades com os nossos Instrutores
Ganhe! Se estabelecer como um jogador ganhador